Conecte as unidades internacionais da sua empresa 
      Brasil - America do Norte - Europa


      Maior Capacidade. Menor Latência. Menor Custo.

      Converse com os nossos consultores e saiba como podemos ajudar o seu negócio a reduzir os custos com conexões internacionais.

      Conheça a nossa rede


      Ligamos a sua empresa, através dos cabos submarinos SEABRAS-1 América do Norte e América do Sul. 

      O Seabras-1 é um sistema de cabos submarinos composto por 6 fibras de 72 Tbps, é o primeiro e único sistema POP a POP direto entre São Paulo e Nova York.

      Desenvolvido pela Seaborn, foi o primeiro sistema transoceânico a conectar diretamente os centros comerciais e financeiros da América do Norte e América do Sul.

      Essa estrutura entre Nova York e São Paulo possui uma ampla variedade de localizações estratégicas para conectar a sua empresa, confira abaixo.


      Odoo • Text and Image

      Uma rota com inúmeras possibilidades

      Odoo • Image and Text

      A rota também fornece qualidade de serviço significativamente aprimorada com seu sistema totalmente subterrâneo, a fibra terrestre inicia seu trajeto na estação da Praia Grande conectando a região metropolitana de São Paulo. Inúmeras unidades de ramificação adicionadas ao Seabras-1 oferecem opções de futuras rotas internacionais para Virginia Beach, Miami, St. Croix, Fortaleza, Cidade do Cabo, Rio de Janeiro e Sul do Brasil.

      "Oferecemos a solução de menor latência, em comparação a qualquer outro sistema atual entre o Brasil e os EUA. "

      A rota direta entre os centros comerciais e financeiros dos EUA e do Brasil também possui menos elementos ativos, o que significa menos tempo de inatividade. O sistema foi projetado com tecnologia coerente de 100 Gbps em uma solução ponta a ponta.

      O sistema fornece acesso aprimorado e conectividade aos principais hubs de IP e aos principais Data Centers do Brasil e dos EUA, incluindo Equinix e Centurylink.

      MPLS na prática

      Conheça as principais aplicações utilizadas

      • Acesso corporativo a servidores: sistemas corporativos, e-mail e Intranet

      • Formação de redes para compartilhamento de arquivos

      • Integração de sistemas de telefonia

      • Formação de sistemas de videoconferência

      • Acesso remoto aos sistemas corporativos